Fernandinha do Vôlei

É Possível Sim ser Vegano, Ganhar Massa Muscular e também ser Atleta de Alto Rendimento

Estou muito feliz por estar escrevendo meu primeiro artigo para o site da Plataforma Veganistas e para o Caras Blogs, tendo a oportunidade de dividir com vocês minha experiência com relação à alimentação e atividade física, seja ela de menor ou maior intensidade.

Para estrear vou falar um pouco sobre ganho de massa muscular.

A primeira coisa que percebo quando se fala em atividade física, academia e malhação é a preocupação das pessoas com o ganho de massa magra (músculo), então, costumam fazer mil dietas mirabolantes e na maioria das vezes acabam tendo grandes frustrações. Mas por que? Sinceramente acho que há muitas pessoas seguindo modismos e esquecendo que somos indivíduos únicos, portanto: com genética, memória muscular e metabolismo diferentes. Não conheci e nunca vi o mesmo cardápio em uma dieta, que funcionasse para todas as pessoas.

Quando me tornei vegana, li muito a respeito, estudei e testei em mim o que fazia me sentir melhor, o que me dava mais resistência, melhor digestão, etc… e o que descobri foi, que não há nenhum alimento especifico que faça uma imensa diferença, a não ser a alimentação “vegana” saudável . Parece muito estranho, talvez, para quem sempre ouviu falar em batata doce, frango e suplementos, mas, é muito mais simples do que podemos imaginar.

Primeiro quero falar de algumas características importantes:

– Genética – Não há como fugir. A genética influência e muito. A sua amiga pode malhar igual a você diariamente sem conseguir ficar com o tanquinho que você tem. Ela chegará à melhor forma que seu corpo e sua genética permitirão atingir.

– Metabolismo – Sim, alguns emagrecem mais rápido que outros, mas isso não quer dizer que você não emagrecerá, talvez, deverá ter mais paciência e ser mais persistente.

– Memória Muscular – Essa para mim é até mais importante do que a própria genética. Seu corpo tem a memória muscular daquilo que você veio fazendo ao longo dos anos. Se você nunca exercitou sua musculatura, nunca deu estímulos a ela, vai demorar muito mais para obter resultados do que uma pessoa que tenha passado a vida toda se exercitando.

Respeitar nossos limites então é fundamental. Acredito que sermos saudáveis deve ser a nossa maior preocupação. Aí o veganismo sorri. Fazer a dieta vegetariana estrita (Sem nada de origem animal – Muitos vegetais são ricos em proteínas saudáveis), ao contrário do que muitos podem pensar, traz vários benefícios para a nossa saúde, tanto para quem malha de vez em quando, como para quem é atleta amador ou atleta de alto rendimento.

O que descobri testando em mim foi, que a ingestão de frutas no café da manhã com aveia, óleo de coco, e ou, granola e melado, no lugar de pães com qualquer acompanhamento (mesmo vegano) é a melhor opção, consigo treinar mais tempo, com mais resistência e me sentindo forte até o final do treino, o que não acontecia com os pães (ou tapioca) que eu me alimentava antes. Não digo que eu não possa comer a tapioca, claro que sim, mas alternando, o corpo cada vez mais pede frutas pela manhã e a gente percebe os benefícios. Esse exemplo de café da manhã serve para mim como pré treino e também como lanche da tarde.

Um corpo saudável funciona melhor, e ele nos agradece por isso. A cada semana percebemos a diferença e não queremos mais mudar.

Então amigo (a), faça também seus testes para sentir como seu corpo reagirá melhor, talvez você não acerte nos primeiros dias, mas persista, tenha uma dieta variada em frutas e cereais alimentando-se bem e respeitando os limites do seu corpo.

A dieta vegana é saudável, livre de crueldade animal e ainda ajuda a preservar o meio ambiente.

Caso você não tenha muitas informações a respeito desta dieta incrível, informem-se. Aqui no site mesmo, meus colegas também estão trazendo informações riquíssimas a respeito deste incrível estilo de vida.

Veganismo é amor e o amor é o único caminho!

Beijocas e até a próxima – Fernandinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *